quarta, 28 de novembro de 2018 - 15:55h
Procon registra sete denúncias em plantão da Black Friday 2018
Das sete denúncias, seis foram através do número de telefone 151 e, a outra, pelo site www.procon.ap.gov.br; plantão ocorreu no sábado, 24.
Por: Redação SECOM
Foto: ASCOM-Procon/AP
Uma das denúncias foi resolvida no próprio local

O Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá (Procon/AP) registrou sete denúncias no plantão da Black Friday 2018 que ocorreu no sábado, 24. O balanço foi divulgado nesta quarta-feira, 28. Das sete denúncias, seis foram através do número de telefone 151 e, a outra, pelo site www.procon.ap.gov.br.
.
De acordo com a chefe de fiscalização do Procon/AP, Lana Silva, uma das denúncias seria sobre a troca de um produto. “Quando chegamos no local, o consumidor queria trocar o produto pois estava arrependido. Neste caso, o direito ao arrependimento só persiste quando a compra é feita na modalidade à distância, como internet ou catálogo. Mesmo o consumidor não tendo este direito de troca, a loja trocou o produto e o assunto foi resolvido no local”, informou Lana.
.
A chefe de fiscalização ressaltou que a operação foi para atender situações que envolvessem ofertas promocionais. Mesmo assim, o órgão chegou a atender outras denúncias relacionadas a produtos comercializados por estabelecimentos que não aderiram a black friday.

Uma das denúncias recebidas no plantão, era sobre preços de cimentos. Diante disso, Lana Silva informou que o Procon/AP já iniciou, nesta semana, uma fiscalização em distribuidoras e revendedoras do produto.

Nos casos mencionados não houve a necessidade de notificar o estabelecimento por alguma infração que pudesse lesar o consumidor. O órgão considerou a operação dentro da normalidade.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

PROCON-AP - Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá
Av. Padre Júlio Maria Lombaerd, 2925 D - Central, Macapá - AP, 68901-283 - (96) 3312-1022 - gab@procon.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2018 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá