domingo, 09 de junho de 2019 - 16:01h
Procon/AP debate sobre qualidade do serviço de internet e telefonia nos estados do Amapá e Pará.
ANATEL, Procon/PA e Procon Municipal de Boa Vista estiveram presentes; O evento foi em comemoração aos 17 anos do Procon no estado do Amapá.
Por: Andressa Serique
Foto: Divulgação Procon/AP
Mesa redonda onde foi discutido a qualidade do serviço de internet e telefonia.

O Instituto de Defesa do Consumidor (Procon/AP) comemorou na última sexta feira, dia 7, 17 anos de atuação no estado do Amapá. Para celebrar esta data especial, o diretor presidente Eliton Chaves Franco realizou uma mesa redonda com o tema “Avaliando a qualidade dos serviços de telefonia e internet nos estados do Amapá e Pará”.

Participaram do evento, o gerente de Interações Institucionais de Satisfação e Educação para o Consumo, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Fábio Koleski, e o diretor do Procon do estado do Pará, Nadilson Cardoso, Edilene Nascimento representando o Procon Municipal de Boa Vista onde foi possível discutir e avaliar os serviços de telefonia e internet prestados nos estados do Amapá e Pará. Em 2018, os dois serviços ocuparam o 2º lugar no ranking de reclamações no Amapá e, até o momento, já estão em 1º no ranking de 2019.

De acordo com o Diretor Presidente do Procon/AP, Eliton Franco, o evento foi bastante importante para que os órgão de defesa do consumidor presentes pudessem ter acesso aos dados da ANATEL.

“O gerente Fábio Koleski trouxe dados importantes do Norte e também de todo o Brasil o que confiou os dados apresentados pelo Procon/AP. Dados ruins que mostram que os fornecedores não estão prestando um serviço de qualidade a população.”

Eliton ainda destacou que os órgãos de defesa do consumidor como Delegacia Contra Crimes ao Consumidor (DECCON), Ministério Público (MP) presentes no evento, juntamente com o Procon/AP pactuaram um acordo de levar essa tratativa ao Fórum do Procons da Região Norte onde Eliton é atual presidente, para apresentar esses dados à todos os diretores dos Procon’s do Norte para que sejam realizadas fiscalizações repressivas em conjunto e monitoramento da qualidade do serviço prestado em cada estado do Norte.

Diante dos dados apresentados, a DECCON, MP e PRocon/AP farão solicitação as operadoras de internet e telefonia do estado do Amapá a apresentarem informações referentes a suas capacidades de prestação de serviço, ou seja, irão analisar e verificar se as empresas que prestam esses serviços em grande quantidades estado do Amapá, tem capacidade suficiente para atender a demanda que oferece a população.

 

 

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

PROCON-AP - Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá
Av. Padre Júlio Maria Lombaerd, 2925 D - Central, Macapá - AP, 68901-283 - (96) 3312-1022 - gab@procon.ap.gov.br
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá